sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

SAMPAIO VENCE JOGANDO BEM E ESPERA A PONTE PRETA


Com plena justiça, o Sampaio venceu o Paraná, por 1 a 0, no estádio Castelão e garantiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil.

O Sampaio foi absolutamente superior durante toda a partida. O placar foi pequeno diante das oportunidades perdidas pelo time maranhense. Diria que o Paraná escapou de uma goleada.

Sem exagero algum, o Sampaio perdeu pelo menos quatro excelentes chances de marcar.

O gol da classificação saiu no segundo tempo em cobrança de pênalti por Uilian.

Mais do que a classificação, com a vitória, o Sampaio terá uma boa grana no seu caixa R$ 1 milhão e 400 mil.

Além disso, vai enfrentar a Ponte Preta com a primeira partida em Campinas, quarta (28/02), às 19h30 e o jogo de volta em São Luís, na quinta (15/03), às 19h15.

OPINIÃO - CADERNO O ESTADO MAIOR - ABRAÇOS DE AFOGADOS


A guerrinha de bastidores entre aliados do senador Roberto Rocha (PSDB) e entusiastas da candidatura do deputado estadual Eduardo Braide (PMN) tem sido estimulada por setores do Governo Flávio Dino (PCdoB).
Os comunistas sabem que Braide é um potencial candidato ao governador é que o apoio de Rocha, com o seu PSDB, torna a disputa absolutamente imprevisível. Isso sem contar o fato de precisarem lidar com a ameaça da força política e do carisma da ex-governadora Roseana Sarney (MDB).
Para alimentar a discórdia entre rochistas e braidistas, os comunistas apelam para um dos pontos mais evidentes do perfil do senador Tucano a vaidade. E estimulam também uma amplificação da crítica ao principal erro político cometido por Eduardo Braide nas eleições de 2016: o desprezo pela classe política na disputa pela Prefeitura de São Luís.
O disse me disse começou ainda em julho do ano passado, quando os levantamentos passaram a incluir o nome do deputado estadual nas pesquisas de intenção de votos. Desde então, o parlamentar passou a se configurar a frente de Rocha.
A performance de Braide incomodou os aliados do senador, que acabaram sucumbindo aos encantos do discurso dos aliados de Flávio Dino. Sobretudo pelo fato de o senador não ter atingido números significativos em nenhum levantamento.
Nesta semana, as alfinetadas rochistas foram intensificadas, sempre batendo na questão da relação política de Braide em 2016. E o bombardeio tem sido comemorado no Palácio do Leões. Que, obviamente, espera por um abraço de afogados.
Números realistas mostram polarização entre Dino e Roseana para o governo, cenário desesperador para os aliados do comunista, capazes de qualquer artimanha para mudar essa realidade.

Estado Maior

THIAGO BARDAL É EXONERADO POR SUPOSTO ENVOLVIMENTO COM MILÍCIA


Resultado de imagem para delegado thiago bardal
O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Jefferson Portela, confirmou ao Blog do Zé Lopes,  a exoneração do chefe da SEIC – Superintendência de Investigações Criminais, Thiago Bardal.

Segundo Portela, Bardal foi exonerado do cargo por conta de um suposto envolvimento do delegado em uma milícia formada por policiais militares. Ele está sendo ouvido agora na sede da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor).

A operação foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (22), no bairro do Quebra Pote e culminou com a prisão de dez pessoas, sendo três militares – Major Luciano Rangel, Sargento Joaquim Pereira de Carvalho Filho e Soldado Fernando Paiva Moraes Júnior. Na operação foram apreendidas armas, bebidas alcoólicas e cigarros.

No momento da abordagem, o delegado Thiago Bardal se identificou como delegado e disse que estava com um advogado dentro do veículo e que iria para o sítio fazer uma operação e compra e venda. Só que para a polícia, o delegado integra a organização criminosa e por esse motivo foi exonerado.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

TUDO PRONTO PARA SAMPAIO E PARANÁ


O torcedor do Sampaio tem mais do que bons motivos, tem a obrigação de lotar o Estádio Castelão, na noite de3 hoje, quinta-feira (22), às 21h45, para empurrar os maranhenses a uma vitória contra o Paraná, pela segunda fase da Copa do Brasil.
Líder do Campeonato Maranhense, da Copa do Nordeste, a classificação diante do Paraná garante mais R$ 1,4 milhões nos cofres do Sampaio.
O Tricolor se classificou ao vencer o Independente, em Tucuruí-PA, por 1 a 0, fora de casa. O Paraná se classificou com o empate por 1 a 1 com a URT-MG.
Pelo regulamento da Copa do Brasil, se houver empate nos 90 minutos, a decisão da vaga entre Sampaio e Paraná será na cobrança de pênaltis.
O vencedor deste confronto vai enfrentar a Ponte Preta que eliminou o Internacional de Limeira-SP. Se for o Sampaio serão dois jogos. O primeiro no Moisés Lucareli, em Campinas e o jogo de volta no Estádio Castelão, em São Luís.
Portanto, lugar de torcedor tricolor de verdade é no Castelão!!!!

OPINIÃO - POR QUE, AOS 88 ANOS, SARNEY VOLTA AO MARANHÃO? - POR PAULO DE TARSO



Por Paulo de Tarso Junior - O Imparcial

As eleições deste ano no Maranhão ganharam um “novo” ingrediente: a presença do ex-presidente da República, José Sarney (MDB). O experiente político decidiu participar mais ativamente do pleito de outubro e abandonou a ideia de concorrer novamente ao Senado no Amapá mesmo que estivesse bem cotado nas pesquisas de lá. O fato é que Sarney transferiu seu título eleitoral para o Maranhão, onde poderá votar e até concorrer a algum cargo nas próximas eleições.

Mas, aos 88 anos, por que Sarney resolveu alterar seu domicílio eleitoral? O principal objetivo é claro: “coordenar” a campanha de seus aliados políticos e mudar os rumos das eleições, principalmente no que diz respeito ao governo do estado. A disputa pelo Palácio dos Leões promete colocar o atual governador Flávio Dino (PCdoB) e a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) frente a frente.

Neste cenário, uma vitória de Roseana não é impossível, mas é difícil. Nos bastidores do Grupo Sarney, a filha do ex-presidente da República é a pessoa certa a duelar com Dino, mas resistem as incertezas com relação à pré-candidatura de Roseana. Apesar de já ter se colocado à disposição de seu grupo e ter declarado estar pronta para “o embate”, fontes ligadas à ex-governadora não a veem tão motivada com a atual situação.

Mesmo assim, Roseana mantém o discurso para vencer o pleito de outubro. “Então, mais uma luta, mais uma embate. Tô preparada? Tô, porque eu sei que nessa luta você pode perder ou você pode ganhar. Mas eu tô pronta para perder ou para ganhar, mas eu vou entrar para ganhar”, afirmou Roseana Sarney em evento em Chapadinha no fim do ano passado.

Da época dessa afirmação até agora, o cenário ainda se mostra complicado para a ex-governadora. Talvez por isso, a presença do ex-presidente Sarney venha a fortalecer a campanha de Roseana e seja considerada, inclusive, uma maneira de assegurar o futuro do grupo político no Maranhão.

A reportagem tentou contato com lideranças maranhenses do MDB, mas obteve poucas respostas. O presidente do partido no Maranhão, senador João Alberto, foi o único que atendeu nossas ligações, mas preferiu não opinar sobre o assunto. “Não vou dar nenhuma declaração para a imprensa agora, me desculpe. Eu não estou dando declaração para a imprensa. Estou fora de declaração por enquanto. Deixa as coisas acontecerem mais um pouquinho, tá bom?”, disse o senador.

O deputado federal Hildo Rocha disse a O Imparcial que não acredita que Sarney seja candidato em 2018, mas valoriza a mudança do domicílio eleitoral do ex-presidente para “arrumar a casa” nestas eleições. “Altera sim [o cenário político] porque nós vamos voltar a ter um eleitor ilustre, que é o presidente Sarney. Isso é muito bom para gente. E ele, sendo eleitor de um estado, pode votar e ser votado. Significa dizer que ele vai se dedicar integralmente apenas à eleição do Maranhão e não se dividir como nas vezes passadas, que ele se dividiu entre o Maranhão e o Amapá”, afirmou Hildo Rocha.

O grande significado é que ele vai se dedicar à eleição do Maranhão em 2018. E mesmo sem ser candidato, apenas com a experiência dele, a experiência política, a inteligência que tem para ser estrategista político, isso agrega muito para qualquer grupo político”, Hildo Rocha, deputado federal.

Força política
O ex-presidente Sarney demonstra ter ainda bastante força política nacionalmente. O prestígio adquirido ao longo dos anos será colocado à prova nestas eleições porque, além de se dedicar à campanha de Roseana,José Sarney terá pela frente outros dois desafios: eleger o filho Sarney Filho para o Senado e reeleger o neto Adriano Sarney para a Assembleia Legislativa.

Ao abrir mão de sua candidatura ao Senado no Amapá para “coordenar” as campanhas de Roseana, Sarney Filho e Adriano, o ex-presidente mostra seu desejo em ver novamente seu clã comandar o estado e seguir forte nacionalmente. Em outras palavras, ele pretende impedir que a fragilidade se instaure em seu grupo político.

O nome do ex-presidente José Sarney como eleitor da 3ª Zona Eleitoral (que compreende os bairros da Alemanha, Angelim, Bequimão, Calhau, Cohafuma, Filipinho, Ipase, Jaracati, Jordoa, Maranhao Novo, Outeiro da Cruz, Radional, Renascença, Rio Anil, Sacavém, Santa Cruz, São Francisco, Santo Antônio, Vinhais e Vila Lobão) ainda será listado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) nos próximos dias.

Ameaça?
O líder da bancada federal do Maranhão, deputado Rubens Júnior (PCdoB), foi enfático ao afirmar que uma participação mais efetiva do ex-presidente José Sarney nas eleições de 2018 não irá alterar o “jogo político”. Para o parlamentar, “Sarney não é imbatível”.

“Não muda o jogo político local. Sarney não é imbatível. Já o vencemos em 2006 e 2014. Mas vale ressaltar que ainda estamos no momento de manter o foco na execução do programa de governo. Temos resultados expressivos e isso continuará acontecendo, independente das especulações eleitorais. É disso que o povo do Maranhão precisa”, afirmou Rubens Júnior.

No domingo passado, 18, antes mesmo da confirmação da mudança do domicílio eleitoral de José Sarney para o Maranhão, o secretário de Estado de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry, em entrevista exclusiva ao jornal O Imparcial, já havia afirmado que seu grupo político estava “preparado para vencer”, independentemente se o adversário de Flávio Dino fosse realmente a ex-governadora Roseana Sarney ou outro “nome de peso”.

“Estamos preparados para vencer. O governador Flávio Dino faz uma gestão que possui um imenso repertório de grandes realizações num momento em que o país atravessa sua mais grave crise econômica. Flávio Dino vem confirmando como governador a imensa capacidade já demonstrada em todos os espaços que atuou. Em meio a tanta crise, um governo marcado pela honestidade, transparência, prioridade aos que mais precisam e muito trabalho; um governo que os maranhenses aprovam e, por isso mesmo, tenho plena convicção, reelegerão para o Maranhão continuar no rumo certo sob liderança deste grande líder Flávio Dino”, disse Jerry a O Imparcial.

Por Paulo de Tarso Junior
Do Blog do Abel Carvalho

DEM QUER ESPAÇO NA CHAPA DE FLÁVIO DINO


O deputado federal e presidente do DEM no Maranhão, Juscelino Filho, gravou em Brasília, um vídeo em conjunto com o prefeito de Salvador e futuro presidente Nacional do DEM, ACM Neto.

No vídeo, onde o assunto principal foi a disputa eleitoral no Maranhão, ACM Neto afirma categoricamente que o DEM quer espaço na chapa majoritária.

“ O objetivo principal do Democratas em 2018 é crescer no Brasil inteiro, tendo o protagonismo na participação nas chapas majoritárias em todo o país e nosso espírito no Maranhão é exatamente esse, que o Democratas possa estar na linha de frente da construção de uma vitória importante e que tenha uma posição assegurada em uma chapa majoritária na eleição esse ano. Confiamos plenamente na condução que vem sendo dada no Maranhão e que terá o apoio da direção Nacional do partido”, afirmou.

Ou seja, como para bom entendedor meia palavra basta, se Flávio Dino quiser o DEM no seu palanque terá que viabilizar um espaço na chapa majoritária para o partido. É simples assim.

POLICIA FEDERAL FAZ OPERAÇÃO NO PARÁ E NO MARANHÃO


A Polícia Federal está realizando na manhã desta quinta-feira (22) uma operação para combater fraudes no Seguro Desemprego no Pará e no Maranhão. Estão sendo cumpridos 19 mandados de prisão e 27 de busca e apreensão nas cidades de Redenção e Conceição do Araguaia, no Pará, e em São Luís e São José de Ribamar, no Maranhão.

O objetivo da operação, batizada de “Seguro Fake”, é desarticular um grupo criminoso especializado em fraudes no Seguro Desemprego. Segundo as investigações, os dois estados apresentam alta incidência desta modalidade de fraude. Há buscas no Ministério do Trabalho em Redenção.

Em apenas 10 minutos, os policiais flagraram 42 tentativas de fraude em uma única agência bancária na cidade de Redenção. Os investigados responderão por estelionato qualificado, inserção de dados falsos em sisemas de informações e associação criminosa, com penas que podem ultrapassar 20 anos de reclusão.

De acordo com os técnicos do Ministério do Trabalho, desde a implantação do sistema antifraude desenvolvido em 2016, já teria sido identificado e bloqueado mais de 57 mil tentativas de fraudes no país, o que equivaleria à desvios de aproximadamente R$ 800 milhões para os cofres públicos.

MULTAS EM DUPLICIDADE SERÃO CANCELADAS


SÃO LUIS - Em respeito aos condutores de São Luís, o secretário municipal de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, por determinação do prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior, anunciou o cancelamento de todas as autuações emitidas em duplicidade e as autuações geradas em um trecho da faixa da Avenida Colares Moreira, nas imediações da saída da Lagoa da Jansen, no Renascença. A empresa responsável por prestar o serviço foi notificada e terá de prestar esclarecimentos.

Logo que identificou o problema em um dos lotes emitidos pelo Consórcio VL, responsável pela fiscalização eletrônica em São Luís, a SMTT prontamente tomou as medidas necessárias para que os condutores não fossem prejudicados. Quem recebeu a cobrança indevida não deverá se preocupar, pois o cancelamento nesses casos está sendo feito automaticamente.

Mesmo a fiscalização eletrônica sendo uma medida necessária para garantir mais segurança ao trânsito, alguns insistem em criticar a sua funcionalidade. Esse discurso, porém, é de quem comete infrações ou de quem não consegue enxergar que a medida é necessária para estimular o motorista a ser mais prudente.

Antes, quando a cidade passou por período com ausência da fiscalização, a imprensa local e a população pediam pelo monitoramento para evitar acidentes e até mortes. Incoerentemente, agora que o sistema está em funcionamento, ainda existe quem reclame, mesmo essa sendo uma exigência do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Para quem insiste em criticar, é bom lembrar quem não cometer infrações no trânsito, não sofrerá com penalidades. É claro que as falhas precisam ser solucionadas, como estão sendo, mas é fundamental levar em consideração que um trânsito organizado e com as leis sendo cumpridas é um trânsito bom e que favorece a todos os cidadãos.

ZÉ REINALDO BATEU O MARTELO - SOU CANDIDATO A SENADOR


 

 


O site Política Real, divulgou na terça-feira (20), uma entrevista com o deputado federal e pré-candidato ao Senado pelo Maranhão, José Reinaldo Tavares.

O ex-governador, que está próximo de se filiar ao DEM, reafirmou categoricamente que de qualquer forma será candidato ao Senado e disse que para isso já tem o apoio fundamental da FAMEM.

“Sou candidato sim, eu tenho o melhor grupo político me apoiando que são os prefeitos, a FAMEM. Eu tenho uma estrutura política consolidada, pela minha atuação como governador, municipalista e meus amigos na política exigem essa minha candidatura. Não tenho dúvidas em dizer que serei candidato em qualquer situação”, afirmou.

Outra declaração do ex-governador que acabou chamando atenção foi a afirmação que o acordo “incipiente” entre o DEM no Maranhão e o governador Flávio Dino, dependerá da Direção Nacional e que o quadro atual pode sofrer modificações.

“As eleições para presidente terão forçosamente uma influência muito grande em todos os acordos nas eleições estaduais. Hoje o DEM está muito próximo do governador Flávio Dino, mas não se sabe como vai ficar essa configuração nacional. Só teremos certeza do quadro político depois das escolhas dos candidatos dos principais partidos. A influência da Direção Nacional será fundamental e isso pode manter ou não manter o acordo, ainda preliminar, incipiente, entre o DEM no Maranhão com o governador Flávio Dino”, disse José Reinaldo.

Em outro trecho da entrevista, José Reinaldo falou da emoção em retornar ao partido e explicou a escolha pelo DEM.

A minha decisão tem duas vertentes, uma do coração e uma da razão. Pelo coração, já fui do DEM, fui presidente do PFL, eleito governador e é um partido que marcou minha vida e faz parte da minha personalidade política. Do coração, é preciso compreender que o Brasil está precisando fazer as reformas que tem que fazer, é preciso que o Brasil se atualize administrativamente e juridicamente. O DEM tem um grupo muito forte, com políticos como: Rodrigo Maia, ACM Neto, Agripino Mais, Mendonça Filho e vai se o protagonista nesse momento do país”, finalizou.

 

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

PEC’S NÃO DEVEM SER VOTADAS NA AL DURANTE INTERVENÇÃO




 
Conforme o Blog já havia suscitado o debate – Polêmica: intervenção federal impede discussão e votação de PEC’s ??? – a tendência é que a Assembleia Legislativa do Maranhão não vote nenhuma Proposta de Emenda a Constituição, enquanto durar a intervenção federal na Segurança do Rio de Janeiro.

Tanto a Câmara, quanto o Senado, já compreenderam que existe um impedimento da tramitação das PEC’s está expresso no parágrafo 1º do artigo 60 da Constituição Federal. “A Constituição não poderá ser emendada na vigência de intervenção federal, de estado de defesa ou de estado de sítio”, diz o dispositivo.

Ocorre que o mesmo texto foi repetido na Constituição do Estado do Maranhão, no parágrafo 1º do artigo 41 e por conta dessa repetição, a tendência é que a Assembleia Legislativa siga o mesmo entendimento do Congresso Nacional.

O presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, garantiu em resposta ao jornal O Estado, que a tramitação pode até acontecer, mas a votação dependerá de um parecer jurídico.

“A tramitação seguirá normal, a nossa dúvida é quanto à possibilidade, ou não, de votação das matérias. Já fizemos uma consulta a nossa consultoria legislativa especializada em Direito Constitucional e aguardamos uma resposta”, afirmou Othelino.

E olha que esse entendimento de tramitação das PEC’s ainda é questionável. O próprio governador Flávio Dino, nas redes sociais, já se posicionou contrário até mesmo a tramitação enquanto durar a intervenção.

 

Tramitando – Segundo a Diretoria Geral da Mesa da Assembleia, atualmente estão em vias de ser votadas pelos parlamentares três propostas de alteração ao texto constitucional maranhense.

A mais adiantada delas é a PEC da Emenda Impositiva, de autoria do deputado César Pires, que já está pronta para entrar em pauta.

Outras duas, mais recentes, ainda dependem de maio debate na Casa. A PEC 001/2018, de autoria do deputado Josimar de Maranhãozinho (PR), propõe que Lei Complementar possa versar sobre a definição de critérios especiais para a destinação de recursos de impostos, “com o objetivo de garantir recursos fiscais em benefício do município”.

Já a PEC 002/2018, de autoria do deputado Júnior Verde (PRB), é a mais polêmica: trata do estabelecimento de limites à atuação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) no caso da edição de normas que tenham força de lei e revoga instrução normativa que proíbe gastos públicos com as festividades em municípios com salários de servidores em atraso.

 

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

SAMPAIO DISPONIBILIZA INGRESSOS PARA O JOGO CONTRA O PARANÁ


O Sampaio iniciou na tarde de ontem,  segunda-feira (19) a venda de ingressos para o jogo com o Paraná pela Copa do Brasil.
Os ingressos estão à venda nas lojas oficiais do clube e a partir de hoje serão disponibilizados também nas bilheterias do Castelão e Nhozinho Santos.
Estarão funcionando os setores 1, 2 e 3, ao preço de R$ 20,00 e cadeiras cobertas a R$ 50,00.
Sampaio e Paraná jogam nesta quinta-feira (22), às 21h30, no Estádio Castelão, em São Luís
Pelo regulamento, nesta segunda fase da Copa do Brasil, as equipes farão jogo único. Se houver empate a decisão da vaga será na cobrança de pênaltis.
Vale reforçar que não vale como critério de desempate o gol marcado fora.

ZÉ REINALDO EM BUSCA DA VAGA PARA O SENADO


Engana-se quem imagina que o ex-governador e atual deputado federal, José Reinaldo Tavares, esteja fora da disputa do Senado Federal nas eleições de 2018.

Pré-candidato ao Senado, José Reinaldo, não só confirmou que irá mesmo se filiar ao DEM, como está disposto a brigar pela segunda e última vaga de candidato ao Senado na chapa do governador Flávio Dino (PCdoB).

O maior trunfo do ex-governador, além da sua vasta capilaridade política, é a força da sua nova legenda, o DEM. O partido agrega bastante na chapa do comunista, principalmente depois da saída do PSDB.

Para demonstrar sua força política junto ao DEM, José Reinaldo já confirmou que estará se filiando ao partido no dia 10 de março, em evento que será realizado no Rio Poty Hotel e que contará com as presenças do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia e do presidente nacional do DEM, Agripino Maia.

A presença dos dois nomes de peso do partido nacionalmente, do presidente do DEM no Maranhão, o deputado federal Juscelino Filho, além do apoio do presidente da FAMEM, prefeito Cleomar Tema, José Reinaldo espera ser confirmado como candidato ao Senado na chapa de Flávio Dino.

A volta de José Reinaldo ao DEM, pois quando foi governador já era do partido, é mais uma prova inconteste da sua intenção de permanecer na base do comunista, uma vez que o partido já está apalavrado para apoiar a reeleição do governador.

 

OPINIÃO - VANILSON RABELO - BACABAL: DEPUTADO ANDRÉ FUFUCA LIBERA EMENDAS EM TROCA DE VOTOS PARA SEU PROJETO DE REELEIÇÃO: SÓ PARA A SAÚDE JÁ FORAM MAIS DE R$ 1 MILHÃO E MEIO “MAS QUE SAÚDE?”


Há tempos o Blog do Vanilson Rabelo vem mostrando a tentativa do governo municipal de Bacabal, [que até agora ninguém sabe quem realmente é o prefeito], de emplacar o deputado federal André Fufuca (PP), como o “salvador da pátria”. Isso porque desde o início do ano passado o parlamentar é visto constantemente no município, ele que é aliado político do prefeito afastado Zé Vieira (PP).
Com o objetivo claro de renovar o mandato, André Fufuca tá focado nos votos dos mais de 100 mil habitantes da terra da bacaba, ou “terra do que já teve”, como ficou conhecida.
Depois da reportagem publicada por este blog na última quinta-feira (15), onde relatamos que Fufuca nunca tinha enviado R$ 1,00 real para Bacabal, rapidamente a assessoria da prefeitura entrou em contato e disse que o parlamentar já fez e está fazendo sim.
De acordo com Israel Braga, assessor de comunicação da prefeitura, André Fufuca já liberou mais de R$ 1 milhão de reais para a saúde. Uma emenda para a aquisição de quatro novas ambulâncias do SAMU, inclusive, disse que uma já está na cidade atendendo a população.
Opinião.
Bem, diante dessas ações recentes que o deputado vem realizando por Bacabal em pouco mais de um ano e um mês, fica evidente que é em troca dos votos dos bacabalenses. Se não vejamos, na época do ex-prefeito Zé Alberto, as viaturas do SAMU estavam em uma situação bem mais complicada que essa. A saúde do município era constantemente alvo de reclamações diárias da população.

As perguntas que ficam são; Porque André Fufuca não enviou emendas naquela época?
Porque somente um ano antes e no ano de eleições é que o deputado virou os olhos para Bacabal e resolveu ajudar?
EM TEMPO: Ressalto aqui que não tenho nada contra o parlamentar André Fufuca. E claro, suas emendas mesmo que tenham o objetivo de barganhar os votos dos bacabalenses, serão de grande importância para este município que tanto sofre com o descaso do poder público municipal. Que até agora, vive num “país das maravilhas” e não observa a realidade enfrentada pela comunidade.
 
Redação/Vanilson Rabelo.

INSCRIÇÕES EM CONCURSO DA PREFEITURA VÃO ATÉ 28


As inscrições para o concurso da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas) estão abertas até o dia 28 de fevereiro. Promovido pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad), o objetivo do concurso é reforçar o quadro de servidores municipais que atuam nessa área e, assim, fortalecer as ações da Política da Assistência Social colocadas em prática na gestão do prefeito Edivaldo.

O certame prevê vagas para cargos de nível superior, com cadastro de reserva. São 52 vagas, incluindo as reservadas para candidatos com deficiência. O concurso será executado pela AOCP Concursos Público e o Edital de Abertura nº. 001/2018 pode ser acessado no site da Prefeitura de São Luís (www.saoluis.ma.gov.br).

A remuneração inicial bruta será de R$ 2.036,25. São 28 vagas para de profissionais da área de Serviço Social, com cinco vagas reservadas para candidatos com deficiência. Também estão sendo oferecidas cinco vagas para a área de Direito, sendo uma vaga para candidato com deficiência; e 19 vagas para psicólogos, três reservadas para pessoas com deficiência.

Conforme cronograma do edital, a prova do concurso será realizada ainda no primeiro semestre de 2018. A taxa de inscrição é de R$ 100,00 e o processo avaliativo será constituído de prova objetiva, prova dissertativa (a serem realizadas no mesmo dia e com caráter eliminatório e classificatório) e avaliação de títulos (com caráter classificatório), com os critérios e informações especificadas no edital.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

TUDO ESPECULAÇÃO, NADA DEFINIDO

Embora o grupo do governador Flávio Dino (PCdoB) tente forçar a barra de um cenário consolidado a ponto de levá-lo à vitória até em primeiro turno, o fato é que nada no processo eleitoral no Maranhão está definido. Dino não sabe, sequer, que adversários enfrentará. Também não tem garantia alguma de que terá partido X ao seu dispor e enfrentará partido Y.
O cenário ainda é totalmente indefinido, tanto do ponto de vista dos candidatos quanto da arrumação dos partidos. O que se pode dizer, apenas, é que tem Flávio Dino disputando pelo PCdoB, Roseana Sarney cotada pelo MDB e Roberto Rocha (PSDB) convicto de encarar qualquer embate. Quantas legendas estarão com Dino, Roseana, Rocha, ou outro pré-candidato que se apresente é precipitado agora estabelecer.
Rocha, por exemplo, tem hoje o controle do PSDB, o que é um trunfo fundamental em um processo – tanto para si próprio quanto para uma negociação de aliança. O deputado Eduardo Braide, por sua vez, se quiser mesmo ser candidato, não tem como ficar no PMN. E se for para o PT, como fica a aliança do partido com Dino? Se, por outro lado, conseguir apoio de legendas da base dinista – ou roseanista – com tempo suficiente na propaganda?
São questionamentos que precisam ser feitos por qualquer um que tenha o interesse na observação do cenário eleitoral maranhense.
Estabelecer agora – faltando ainda mais de quatro meses para as convenções – o número de partidos que cada candidato tem é discutir o sexo dos anjos. A conjuntura nacional, a cooptação de candidatos, as reformulações nas direções partidárias terão influência direta na montagem das chapas.
E o que se vê agora, fatalmente não será o que se terá ao fim de julho, quando terminará o prazo das convenções. Insistir em cenários consolidados hoje, é não ter a capacidade de ver o amanhã. Coisa para poucos.

SECRETÁRIOS CANDIDATOS CONSEGUEM PRIMEIRA VITÓRIA SOBRE DEPUTADOS


E tudo caminha mesmo para que os secretários candidatos do Governo Flávio Dino, saiam vitoriosos no embate travado com os deputados estaduais governistas, mesmo diante das graves denúncias de práticas de crimes eleitorais.

Desde o estopim da crise pública, a expectativa seria para a saída dos secretários candidatos dos respectivos cargos. O governador Flávio Dino em dezembro do ano passado, durante entrevista coletiva seletiva, ou seja, apenas com a imprensa alinhada, assegurou que logo após o Carnaval iria fazer a sua reforma política.

O Carnaval terminou, o Lava Pratos também e o governador não se posicionou diretamente mais sobre o assunto, mas acabou fazendo, mesmo que indiretamente, através do seu secretário de Comunicação, Márcio Jerry.

Ao conceder entrevista ao jornal O Imparcial, Jerry foi categórico em afirmar “Ele ainda não definiu o prazo, mas é próximo, dado o calendário eleitoral”. Como para bom entendedor meia palavra basta, a tal reforma foi adiada e pode ser que só aconteça mesmo no prazo estabelecido pela legislação eleitoral, abril de 2018.

O curioso é que mesmo diante de denúncias graves e mesmo jurando ser um governador probo, Flávio Dino optou por um silêncio sepulcral, inclusive nas redes sociais. Só que agora, com a decisão de adiar a reforma política, acaba dando uma demonstração de quem sairá vitorioso nesse embate.

O adiamento da reforma já foi, inegavelmente, uma primeira vitória dos secretários candidatos, resta saber se o xeque mate será alcançado, que seria a colocação de prepostos nas “suas” respectivas pastas.

SAMPAIO ERROU E FEDERAÇÃO ASSINOU EM BAIXO


A diretoria do Sampaio errou feio ao aceitar que a partida com o Imperatriz fosse realizada no sábado à noite.

Com o cansaço provocado pela maratona dos jogos, principalmente após a partida difícil contra o Ceará pela Copa do Nordeste,  o Sampaio alega que o cansaço foi determinante na derrota para o Imperatriz por 2 a 0.

Na verdade, o Sampaio achava que ganharia fácil e por isso não pediu a mudança de data, assim como fez nas partidas contra o Bacabal e Santa Quitéria. Esse jogo era visto com um treino de luxo. A verdade é que o Sampaio pensou mais no jogo com o Paraná, pela Copa do Brasil que no Campeonato Maranhense e deu no que deu.

A Federação que administra a competição temendo novas críticas por conta de uma mudança que seria necessária não agiu. E ao não agir para cumprir o intervalo de 66 horas entre os jogos errou feio também. Neste caso, a FMF, teria que mudar o jogo para o domingo, sem essa do mandante concordar ou não, pois o motivo era mais do que justo.

O que não pode é depois da derrota, o Sampaio vir reclamar de cansaço. Ora, o clube tem três competições para disputar e deve fazer o planejamento correto para que não venha a sofrer com esse tipo de coisas.

E também não pode a Federação dizer que não mudou porque nenhum clube pediu. Diante do flagrante desrespeito aos jogadores, a FMF deveria chamar a decisão para si. No que estaria agindo absolutamente de forma correta.

O intervalo tem que ser cumprido, doa a quem doer…. Que fique a lição!!!!

MARANHENSE 2018: BEC VENCE A PRIMEIRA NO ESTADUAL E DEIXA A LANTERNA


Sequencia de jogos do BEC em casa.
Arte:
futebolinterior.com.br

Depois de amargar três derrotas consecutivas o Bacabal Esporte Clube finalmente conheceu o sabor de uma vitória. Em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Maranhense o Leão do Mearim passou pelo Maranhão Atlético Clube com o gol do atacante Dênis, camisa 10, em cobrança de pênalti aos 25 minutos da etapa inicial.

O goleiro Darlysson foi o grande nome da equipe azulina e segurou o ataque maquiano com belas e difíceis defesas, repetindo as boas atuações anteriores.

Com o placar o Bacabal deixou temporariamente a lanterna da competição, já que somou 1 ponto a mais que o Santa Quitéria que entra em campo neste domingo (18).

Classificação

Sampaio Correia – 7 pts

Imperatriz – 7 pts

Moto Club – 5 pts

Maranhão – 5 pts

Cordino – 4 pts

São José – 4 pts

Bacabal – 3 pts

Santa Quitéria – 2 pts

Na sequencia do campeonato o representante bacabalense faz mais dois jogos dentro de casa, no sábado (24), diante do Moto Club, e na quinta-feira (28), contra o São José.

Como a equipe não vinha tendo um bom desempenho o Estádio Correão não recebeu um bom público, entretanto, a expectativa da diretoria é que agora em diante esse quadro mude.
Por Sérgio Matias

MAPA DE PALCO E LUZ